• UFPI

  • PROGRAMA DE PÓS GRADUAÇÃO
  • TELECTUAL E TRANSFERÊNCIA DE TECNOLOGIA

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

  • TELECTUAL E TRANSFERÊNCIA DE TECNOLOGIA






  • Dissertações/Teses - 2021

    DEUZILENE PEREIRA DA CUNHA GAMEFORKIDS: Uma proposta de gamificação na Educação Infantil Data: 17/03/2021

    A inclusão de metodologias ativas como alternativa de auxílio no trabalho docente é uma tendência da realidade atual, tanto considerando o protagonismo dos estudantes, ao assumirem posturas ativas, quanto ao seu processo de ensino-aprendizagem. Destarte, este estudo apresenta-se em três eixos: uma investigação acerca da eficiência do uso da gamificação no processo de ensino na fase da educação infantil; uma proposta metodológica de gamificação para a educação infantil; e uma análise sobre a possibilidade do desenvolvimento da metodologia proposta potencializar o aprendizado e estimular o engajamento das crianças. Inicialmente, realizou-se um mapeamento sistemático, levantando-se publicações realizadas entre 2010 e 2019, com o objetivo de obter dados referentes à eficiência do uso de metodologias ativas baseadas em gamificação na educação infantil. Foram identificados impactos positivos do uso dessa metodologia no processo de ensino-aprendizagem em sala de aula. Como proposta de sustentação do projeto, foi desenvolvida a metodologia ativa gamificada  ”Gameforkids”, apresentada em forma de material didático e-book. Para confirmar a eficácia da mesma, adotou-se o método qualitativo, por meio do estudo de caso, tendo sido executado em uma escola da rede municipal da cidade de Teresina, com crianças na fase da pré-escola (4 a 5 anos). Com a efetivação do processo, pode-se comprovar através dos dados extraídos e analisados estatisticamente, a eficácia da metodologia proposta, que estimulou o engajamento das crianças e potencializou o aprendizado, elevando o nível de rendimento médio do grupo experimental de 7,11 para 9,23, correspondendo a um ganho real de 21.2% no aproveitamento no pós-teste em relação ao obtido no pré-teste. Assim, conclui-se que a metodologia ativa gamificada  ”Gameforkids” pode potencializar o aprendizado das crianças, gerar maior engajamento e promover estímulo na construção do conhecimento autônomo na Educação Infantil.


    MARCONY SANTANA MAXIMO DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE EDUCACIONAL DE ACOMPANHAMENTO PEDAGÓGICO PARA APLICAÇÃO DE MÉTODOS DE GERENCIAMENTO DE ROTINAS DE ESTUDO PESSOAL E GESTÃO DE TEMPO Data: 25/02/2021

    Devido ao isolamento social, professores e alunos tiveram que se adaptar a uma nova realidade, na qual as atividades educacionais foram aplicadas a distância. Este trabalho foi realizado durante a pandemia causada pela Covid-19, doença que obrigou quase todos os países a suspenderem as aulas presenciais, desde meados de março de 2020. Com isso, houve a necessidade ainda maior de uso das ferramentas computacionais para que as atividades escolares pudessem ser executadas. Sendo assim, esta pesquisa tem como objetivo principal o desenvolvimento de uma ferramenta computacional em formato de plataforma web para aplicação de métodos de estudo pessoal e gestão de tempo que auxilie os profissionais de educação a orientar e a criar rotinas de estudos para os discentes, mesmo à distância, promovendo também uma modernização no atendimento pedagógico. Tendo como metodologia um estudo de forma aplicada, com apresentação dos resultados de forma quantitativa através de um estudo de caso a partir de dados coletados sobre as problemáticas de orientação e atendimento dos alunos no momento de suspensão das aulas, com informações fornecidas por profissionais que trabalham na área de educação, como Professores, Pedagogos e Psicólogos. Por meio de uma pesquisa inicial, realizada com mais de 80 destes profissionais, notou-se que existe uma carência a ser preenchida sobre o tema, pois a maioria dos entrevistados mostrou conhecer os principais métodos de controle de estudo pessoal e gestão de tempo, porém os mesmos afirmam não possuírem conhecimentos sobre os sistemas computacionais disponíveis, além do fato de que as ferramentas mais conhecidas entre os participantes não atendem as principais necessidades apontadas pela consulta. Com isso, foi comprovada a viabilidade do projeto e assim desenvolvido o produto computacional My Study Routines, plataforma web que aplica três dos métodos de estudo pessoal e gestão de tempo existentes: Pomodoro, Don´t Break The Chain e Rastreamento de Hábitos. Após a realização das fases de testes e validação, foi possível comprovar a eficácia e a eficiência do aplicativo My Study Routine, como ferramenta computacional de apoio educacional, uma vez que 56,6% dos usuários da plataforma apontaram que o sistema foi “Extremamente Útil” e 22,4% afirmaram que o aplicativo foi “Muito Útil”, contribuindo assim para uma modernização nas atividades de atendimento pedagógico e orientação educacional a distância. Dos alunos consultados, 78,6% afirmaram que a ferramenta teve uma contribuição significativa na melhora do desempenho acadêmico.


    THIAGO RAVEL NASCIMENTO DOS PASSOS ESTUDO DE APLICAÇÃO INDUSTRIAL E ESTRATÉGIA DE TRANSFERÊNCIA DE TECNOLOGIAS DA GOMA DO CAJUEIRO (Anacardium Occidentale L) Data: 13/02/2021

    As gomas naturais são polissacarídeos produzidos diversos organismos vivos, caracterizam-se pelo seu uso nas indústrias principalmente por suas características espessante e gelificante. De natureza diversa, diversas são as aplicações, há consenso da não existência de uma melhor goma, mas sim a (s) mais adequada (s) para um dado processo industrial. A Goma de Cajueiro (GC) é obtida do exsudato do cajueiro (Anacardium occidentale L.) como mecanismo de defesa e cicatrização natural da planta possui características semelhantes a goma arábica que é amplamente utilizada na indústria farmacêutica, cosmética e alimentícia. Atualmente o Brasil importa a imensa maioria das gomas utilizadas na indústria nacional. Sendo o Piauí o segundo maior estado produtor de castanha de caju com produtividade ligeiramente superior que a nacional (em kg/ha). Entende-se que tecnologias a base da GC possam vir a ser um diferencial competitivo brasileiro. Para tanto o presente trabalho busca compreender o contexto nacional para o desenvolvimento e exploração econômica de tecnologias de GC e propor um modelo sucinto para orientação do processo de inovação que envolva ICTs e o setor produtivo com esse objetivo. A prospecção tecnológica revelou um protagonismo chinês no depósito mundial de patentes dessa natureza, o majoritário interesse do setor privado na atividade de proteção além de um grau de relativa maturidade para as tecnologias de GC com ampla ramificação e potencial econômico, concentrada principalmente na ciência dos alimentos. Das abordagens pertinentes a inovações orientadas por ICTs, destaca-se como oportuna para ambientes incipientes, caso brasileiro, a estratégia por market-pull apesar de ressalvas quanto ao grau de impacto da inovação. Um modelo de transferência por market-pull se mostra como pertinente iniciativa de fomento ao caso brasileiro.


    LUANA GRAZIELLE MARREIROS SANTOS Indústria 4.0: Uma Análise do Cenário em Empresas da Construção Civil Data: 04/02/2021

    construção civil é considerada o setor da indústria com elevada taxa de empregabilidade e é responsável por quase 7% do PIB no Brasil. Quando se trata de inovação e modernização na produção, é um dos segmentos mais atrasados que existem, só perde para a indústria da pesca. Paralelo a isso, a Indústria 4.0 tornou-se o principal ponto discutido por todo o mundo, com foco em buscar alternativas para melhorar o desempenho produtivo e reduzir os custos, com a utilização de tecnologia de ponta, como a internet das coisas, a computação em nuvem, BIM (Building Information Modeling), Machine Learning e Big Data. Diante deste contexto, este trabalho visa estruturar a metodologia para implementar Indústria 4.0 em empresas de pequeno porte da construção civil. Para tanto, por meio de buscas em base de dados e trabalhos científicos, realizou-se uma revisão de literatura sobre as inovações tecnológicas usadas na construção civil que estão em processo de experimentação e implantação, além de pesquisas sobre as especificidades desse segmento de empresas de construção civil para melhor adequação de alguns conceitos da Indústria 4.0 à engenharia. O resultado do presente trabalho é um manual que servirá de guia prático para pequenas empresas da construção civil se prepararem para a Industria 4.0 com base na organização dos seus processos e modernizando seus métodos construtivos.




    Dissertações/Teses - 2020

    JOSÉ RIBAMAR VELOSO JÚNIOR Autorregulação e Estilos de Aprendizagem: Revisão Sistemática do Estado da Arte das Metodologias e Tecnologias de Avaliação Data: 16/12/2020

    O presente trabalho objetiva realizar uma revisão sistemática do Estado da Arte das Metodologias e Tecnologias de Avaliação da Autorregulação e Estilos de Aprendizagem. A aprendizagem é o processo de aquisição de conhecimentos, habilidades, valores e atitudes, possibilitado através do estudo, do ensino ou da
    experiência. As estratégias de aprendizagem são métodos utilizados para aprender, tais como técnicas de memorização, e são a expressão visível dos estilos de aprendizagem. Os estilos referem-se às características pessoais do aprendiz e existem diversos modelos e formas de realizar essa avaliação tais como Kolb, Dunn
    e Dunn, Myers e Briggs, Felder e Silverman e VARK. Ante a realidade inescapável do crescimento da utilização das modalidades de ensino síncronas e assíncronas por meio da rede mundial de computadores existe o desafio de manter a aprendizagem eficaz mesmo fora do modelo tradicional com a presença física do professor em uma sala de aula. Este trabalho tem a evidenciação da importância do tema e a apresentação do estado da arte das metodologias e tecnologias que considerem o cenário contemporâneo, discutindo os resultados encontrados e sua
    relação com os estudos fundamentais do tema, com foco no auxílio do ensinoaprendizado mais eficaz em um mundo cada vez mais digital.


    DIÊGO FRANCISCO DE MESQUITA OLIVEIRA SisNIT- Plataforma para Gestão de Núcleos de Inovação Tecnológica Data: 30/09/2020

    A estruturação dos Núcleos de Inovação Tecnológica (NIT) no Brasil foi alavancada pela Lei de Inovação, Lei 10.973 de 2004, que estabeleceu, que todas as Instituições Científicas e Tecnológicas (ICT) deverão ter seus próprios NIT ou então associados com outras ICT, como órgão responsável por gerir sua política de inovação e gestão dos processos de propriedade intelectual (PI) e transferência de tecnologia (TT). Porém, apesar da importância dos NIT para as ICT, a sua estruturação é difícil e a maioria não têmorçamento próprio e a participação de bolsistas, estagiários e terceirizados é significativa, o que gera rotatividade e dificuldade de retenção de mão de obra qualificada. Neste contexto, a pesquisa teve como objetivo, desenvolver e implantar uma plataforma de software web,para gestão de processos e contratos de propriedades intelectuais e transferências de tecnologias que atenda as necessidades dos Núcleos de Inovação Tecnológica. A pesquisa
    desenvolvida neste projeto, envolveu uma abordagem predominantemente qualitativa. E utilizando o método de entrevista semiestruturada, estudou procedimentos operacionaispadronizados dos serviços do NIT da Universidade Federal do Piauí (UFPI) e analisou o arcabouço legislativo brasileiro de pesquisa, desenvolvimento e inovação, os atos normativosdas instituições reguladoras de direitos sobre propriedades intelectuais no Brasil. E assim,aplicando técnicas de análise e desenvolvimento de sistemas e engenharia de software, foi possível projetar e desenvolver um software de gestão de propriedade intelectual etransferência de tecnologia, para que possa ser uma alternativa para auxiliar os Núcleos de Inovação Tecnológica, com carência de estrutura e recursos humanos, na gestão da PIe TT nas ICT públicas brasileiras. O SisNIT foi implantado inicialmente no Núcleo deInovação e Transferência de Tecnologia da UFPI e está acessível pelo endereço virtual:<https://sisnit.ufpi.br>. Em síntese, a Plataforma para Gestão de Núcleos de Inovação Tecnológica (SisNIT) poderá propiciar aos NIT, organizarem seus processos e procedimentos operacionais, como também, disseminar conhecimento sobre PI concedidas, favorecendo apromoção de uma cultura de inovação tecnológica no ambiente acadêmico, beneficiando acomunidade científica, o setor empresarial e por fim a sociedade.


    DIANA BEATRIZ DE ALMEIDA Diagnóstico dos Instrumentos de Promoção da Transferência de Tecnologia em Universidades. Data: 25/09/2020

    O presente trabalho realiza um diagnóstico dos instrumentos de promoção da inovação nas Universidades Federais do Nordeste, justificando-se pela necessidade de delinear propostas de intervenção ao contexto do Nordeste brasileiro. No atual estágio de desenvolvimento econômico tecnológico, a estrutura das Instituições de Ciência e Tecnologia (ICTs) Nordestinas ainda não conseguiu implementar em sua totalidade os objetivos estratégicos de propriedade intelectual, transferência de tecnologia e fomento à inovação. Esta pesquisa é qualitativa, com características exploratórias, abrange estudos de casos realizados em Universidade Federais Nordestinas, intituladas nessa pesquisa como “A”, “B”, “C” e “D”. Quanto aos instrumentos de coleta de dados, foram realizadas entrevistas semiestruturadas, com representantes dos Núcleos de Inovação Tecnológica (NIT) das instituições pesquisadas, na qual foram analisados os seguintes pontos: a) Política de Inovação; b) Propriedade Intelectual; c) Estratégias de atuação/promoção de tecnologias e conhecimentos da Universidade; d) Interação com o setor produtivo; e) Transferência de Tecnologia; f) Dificuldades Encontradas.  Os resultados indicam que no Nordeste ainda existe uma disparidade no quesito de inovação entre suas instituições de ensino superior federal e que, embora existam normativos legais que estimulem a articulação entre universidades e o setor produtivo, o grande gargalo que dificulta essa interação é falta de conhecimento sobre o processo de Transferência de Tecnologia. Diante do exposto, essa pesquisa teve como produto final um Manual intitulado como: “A Transferência Tecnológica: O caminho da Inovação para as Universidades”, que objetiva informar e demonstrar as formas de transferências de conhecimento da universidade para o setor produtivo, através de um passo a passo sobre os benefícios e os instrumentos legais que deverão ser seguidos pelas ICTs. O manual foi dividido em três seções onde tratou-se de demonstrar a importância das atividades inovativas dentro das universidades, com foco na inovação aberta; a Interação Universidade – Empresa, evidenciando os benefícios e os instrumentos necessários para se obter essa parceria, e, por último, a operacionalização da transferência de tecnologia e os parâmetros legais  que  regulamentam  a interação  entre as academias e o mercado.


    MARIA LARA CRISTINA SANTOS DE MACÊDO DESENVOLVIMENTO DE UM MANUAL DE IMPLANTAÇÃO DE LABORATÓRIO MULTIUSUÁRIO NA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ Data: 25/09/2020

    O tema inovação dentro das universidades públicas brasileiras continua sendo um grande desafio. Os laboratórios das universidades têm cumprindo um importante e decisivo quanto ao desafio de intensificar a aproximação entre os ambientes acadêmico e produtivo. Nesta perspectiva, o novo marco legal para o incremento à transferência de tecnologia e inovação oferecendo diretrizes que tem servido de subsídios para as ações dos agentes presentes neste ambiente.  O trabalho apresenta uma análise das universidades públicas da região nordeste quanto a estratégias de fortalecimento de laboratórios multiusuários de pesquisa; as agências de Fomento que podem financiar a implantação e manutenção dos LMP; as normas e diretrizes que incentivam a implantação do mesmo. Através dessas pesquisas foi feito um manual de implantação de laboratórios multiusuários. Para a criação deste manual foi necessário formular modelos de formulários de credenciamento e descredenciamento; constituição de LMP; e Parecer para a constituição. Criou-se também um vídeo didático para disseminação da informação. Todos esses produtos foram de fundamental importância para orientação de laboratórios e acelerar a criação destes laboratórios para que eles retribuam a população todos os recursos investidos.


    THIAGO MACHADO RODRIGUES EDUCAÇÃO INCLUSIVA: SOFTWARE EDUCATIVO GAMIFICADO DA MATEMÁTICA PARA CRIANÇAS COM TRANSTORNO DO ESPECTRO AUTISTA – TEA Data: 21/09/2020

    O presente trabalho objetiva abordar uma proposta de educação inclusiva, através de um software gamificado desenvolvido para dispositivos móveis, voltado a crianças com autismo. O autismo ou Transtorno do Espectro
    Autista (TEA), é caracterizado por dificuldades de comunicação, comportamentos repetitivos, déficit de atenção, dentre outras características. Devido a estas características, crianças com TEA, podem apresentar dificuldades de aprendizado, principalmente na matemática, nos anos iniciais doensino fundamental, havendo então a necessidade de criar alternativas aos métodos tradicionais de ensino, para que se possa proporcionar uma educação inclusiva de qualidade para crianças com este transtorno. Este trabalho tem como foco o auxílio do ensino-aprendizado da Matemática de crianças com TEA, nos anos iniciais do ensino fundamental, por meio do software gamificado Matemática Animada, proposto no âmbito desta dissertação de Mestrado. Matemática Animada é um aplicativo que pode ser personalizado, utilizando olúdico como forma divertida e atraente para trabalhar as operações básicas da matemática. O aplicativo utiliza como estratégia os fundamentos da Applied
    Behavior Analysis ou Análise do Comportamento Aplicado (ABA), aplicado à gamificação, como estratégia, para favorecer o ensino de habilidades importantes no acompanhamento e desenvolvimento de crianças com TEA. Por meio da pesquisa, foi possível identificar uma carência de recursos necessários para se trabalhar com o público alvo e a comprovação de que o aplicativo Matemática Animada, pode ser utilizado em atividades de suporte ao ensinoaprendizado da matemática, contribuindo para uma educação inclusiva de crianças com este transtorno.


    MARIA RIBEIRO DE MELLO REBELLO ANÁLISE DOS ATIVOS INTANGÍVEIS E ELABORAÇÃO DE E-BOOK COM PROTOCOLO SISTEMATIZADO PARA LANÇAMENTO DE ALIMENTO FUNCIONAL NO MERCADO Data: 16/09/2020

    O objetivo deste trabalho foi elaborar um e-book com um protocolo sistematizado para lançamento de alimento funcional no mercado. O pão de queijo é um produto brasileiro, consumido em todo território nacional. O acréscimo de leguminosas a alguns produtos, e o consumo desses, ajudam na ingestão de nutrientes e em uma dieta saudável. O feijão-caupi, também conhecido por feijão-de-corda ou feijão-macassar, é um dos principais integrantes da dieta alimentar das regiões norte e nordeste do Brasil, além de ser uma excelente fonte de proteínas e apresentar todos os aminoácidos essenciais, carboidratos, vitaminas, minerais, fibras dietéticas, baixa quantidade de gordura e não conter colesterol. O pão de queijo adicionado de farinha de feijão-caupi biofortificado foi desenvolvido pela Universidade Federal do Piauí – UFPI, e o estudo concluiu que o feijão-caupi é uma opção viável para melhorar o valor nutritivo de alimentos de panificação, como o pão de queijo. A UFPI depositou dois pedidos nacionais de patentes no Instituto Nacional de Propriedade Intelectual – INPI do produto mencionado. No trabalho, constam os resultados da prospecção tecnológica realizada nas seguintes bases de dados: Orbit Intelligence (ORBIT, 2020), United States Patent and Trademark Office (USPTO, 2020) e Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI, 2020). Foram realizadas, ainda, buscas por artigos científicos nas bases da Web of Science (2020) e Scopus (2020), além de busca de anterioridade da marca sugerida na base de dados do INPI. Mapeou-se as proteções intelectuais necessárias para introduzir o produto no mercado e analisou-se esses ativos intangíveis. As universidades brasileiras são grandes centros de pesquisa, mas a interação dessas com o mercado ainda é insuficiente. Nesse processo a transferência de tecnologia é imprescindível, pois somente através deste é possível o intercâmbio de informações e tecnologia. Para facilitar esse processo foram elaborados o modelo de negócio, o plano de negócios, a logo, definidas as possíveis formas de transferência de tecnologia. Foi requerido o protocolo do registro da marca. O e-book contempla os seguintes tópicos: produto, modelo de negócio, plano de negócio, marca, aspectos contábeis, transferência de tecnologia. Concluiu-se, portanto, que o pão de queijo adicionado de farinha de feijão-caupi é um produto viável para comercialização e o protocolo sistematizado foi elaborado. Tendo, inclusive, aprovação em edital como produto inovador e, com isso, obtenção de apoio financeiro. Para submissão no edital foram utilizadas informações definidas neste trabalho.